Sobre Junqueiro

JUNQUEIRO INFORMA

Prefeitura e Casal discutem sobre a responsabilidade da manutenção do sistema de agua da cidade.

31.08.17

O prefeito de Junqueiro Carlos Augusto participou na manha desta quinta-feira (31), da reunião com os representantes da CASAL para discutir assuntos relacionados a  manutenção do sistema de abastecimento de agua da cidade.

Na ocasião, gestores municipais, juntamente com a equipe da Companhia de Saneamento de Alagoas – CASAL, representados pelo gerente da unidade do agreste, Tácito Marques Castelo Branco, do chefe de núcleo e superintendente do interior, Dimas Barbosa de Araújo e do superintendente de negócios do interior, Eduardo Henrique de Almeida, discutiram os problemas enfrentados em decorrência dos constantes vazamentos de água que vem ocorrendo em vias públicas.

Segundo os responsáveis da CASAL, Junqueiro é a cidade mais privilegiada do interior alagoano no quesito abastecimento de água, porém, devido ao atual inverno imprevisível e abundante houve uma redução de consumo, com isso causando maior número de rompimento das redes de distribuição.

O encontro aconteceu na sede da prefeitura municipal, prefeito, secretários municipais, procuradora do município e representantes da CASAL também falaram sobre as exigências previstas na Lei nº 11.445/2007 – Lei de Saneamento, a CASAL mostrou-se interessada em prestar total apoio por técnicos desse órgão para elaboração de alguns requisitos legais, como o Plano de Saneamento e também a disponibilização do kit jurídico, em mídia, para análise do município e procedimentos decorrentes a respeito da formalização do programa entre a CASAL e o município de Junqueiro.

A parceria entre os órgãos já foram firmadas em gestões anteriores, no qual a companhia é responsável por reparar os vazamentos e a prefeitura a recomposição da pavimentação.

Na oportunidade, a procuradora do município, Dra. Roberta Vasconcelos, se pronunciou reafirmando a importância da formalização do convênio entre as partes. Procurando um denominador comum entre os danos atuais, os responsáveis pela CASAL propuseram que a prefeitura busque fazer um relatório de custos efetuados devido a esses problemas, para posteriormente ser estabelecida um encontro de contas, promovendo a contabilização das obrigações de ambas as partes.

Por fim, ficou acordado que os serviços de recuperação de pavimento serão realizados pela administração municipal e que os custos desse trabalho serão abatidos nas contas de fornecimento de água dos prédios públicos.



Notícias relacionadas

Companhia da Mídia